quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

A tempestade chegou! E agora?
















Por diversas vezes nos deparamos com tristes manchetes se tratando de tragédias ao redor do mundo, dentre elas, muitas são de causas naturais e relacionadas ao clima ou algum fenômeno natural devastador demonstrando a furia da natureza. Vemos Furacões, Tsunamis, Tempestades etc...
O que me chama bastante a atenção é que em imagens aéreas ou até mesmo fotografias panorâmicas podemos perceber que nada subsiste à força da natureza. É comum vermos, após furacões apenas as bases de uma casa bem alicerçada que resistiu a tal fenômeno. É a força da natureza arrancando tudo que vê pela frente, onde subsiste apenas aquilo que estiver fortemente fixo à um local sólido e inabalável.
Ao final da tempestade o céu se abre e temos uma luz, uma esperança, um recomeço.Mas apenas para aqueles que resistiram à Ela, A Fúria.

Nós, como cristãos passamos constantementes por ventos que nos balançam e nos provam. Mas a Tempestade não é tão comum,  e apenas os que souberam firmar suas bases prevalecem após ela.
Ela vem de varias formas. Pode ser a tempestade do fim do relacionamento; A tempestade da perda de um emprego onde demorou muitos anos pra conquistar seu espaço e respeito; A tempestade da descoberta de uma doença; A tempestade do fim do Casamento; A tempestade da morte de um ente muito querido, enfim, qualquer situação que abale a sua vida de forma que faça você pensar que foi abandonado por Deus.

A palavra do Senhor diz que nós devemos firmar nossas bases na Palavra de Deus e em Cristo, a rocha que não se abala.
O que isso significa? Significa que se você está preso à Deus por causa de algo que ele te deu ou por medo de perder algo que tem, quando o fato temido acontecer, você entrara em conflito consigo mesmo e com Deus. Ainda Não entendeu?
Veja bem, determinados cristãos, acabam por depositar sua confiança em homens e nas coisas deste mundo, centralizam suas vidas em coisas terrenas e, por conta disso, quando estas coisas se desmoronam, a vida desse cristão desmorona junto.
A sua namorada, esposa ou "cortejante" está acima de Deus na sua vida? Você projeta a vida inteira um casamento ou um status social que considera como o "Ápice" de suas realizações? Saiba que, os seus principais planos devem estar firmados em Cristo, NEle e PARA ELE.
A  partir de quando entendemos que Deus é nosso Centro, nosso Tudo, nossa rocha inabalável, aprendemos que, esteja você feliz ou não, Deus não deixou de ser Deus.

Terminou o namoro com a Pessoa que mais amava neste mundo? Ainda assim Deus continua sendo Deus.
Perdeu o emprego tão desejado? Deus continua sendo Deus
Foi decepcionado pelos melhores amigos? Deus continua sendo Deus
Perdeu um filho, pai, irmão, cônjuge de forma Inesperada? Deus continua sendo Deus
A tempestade está arrancando árvores, construções, destruindo cidades, mas Deus continua sendo Deus.
Ao final de tudo, Deus sempre continua e continuará sendo Deus eternamente, independente de você reconhecer isso ou não.

Se suas bases estiverem firmadas em Deus e sua fé não for dependente de nada deste mundo, ainda que venha a tempestade, ainda que os montes se abalem, ainda que a terra trema, você prevalecerá!
Quando a tempestade passar e o sol voltar a nascer, você verá que tudo em volta esta acabado, tudo foi levado, mas você continua firme porque sua fé não esta baseada em nada do que se foi junto com a tempestade, mas está firmada naquele que sempre foi o Mesmo ontem, hoje e continuará sendo eternamente porque "Os que confiam no senhor são como os montes de sião que não se abalam, mas permanecem para sempre (Sl 125:1)".

por Édipo Vinícius

2 comentários:

Hayra disse...

No meio de uma tempestade sentimos medo, muito medo. A tempestade vem para todos. Alguns si rendem ao medo, outros se apegam a fé. E vencem.

Belém disse...

Poxa Édipo, o blog tá show de bola, mas tá meio chato...ninguém gosta muito de ler... (inclusive eu)...coloca mais fotos, curiosidades, vídeos e etc...acho que vai ficar melhor ainda do que já é!! Abração!